/

Elaine Ramos


“Uma boa capa captura a essência do livro. Ele simplesmente fica ali, quietinho, paciente – mas seu apelo visual é resultado de uma série de decisões de design super cuidadosas e deliberadas”, explica a designer gráfica brasileira Elaine Ramos, que, desde que se formou na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), em 1999, foi a responsável pelo design de centenas de livros. “A capa ideal é a síntese de tudo que está dentro do livro, aquilo que você não pode ver”, ela completa. Entre os anos de 2004 e 2015, ela foi diretora de arte na Cosac Naify, a mais importante editora dedicada às artes visuais no país. Desde 2005, , ela coordenou todos os lançamentos da seção de design, que incluem as edições em português de títulos essenciais, como História do Design Gráfico, de Philip B. Meggs, e Elementos do Estilo Tipográfico, de Robert Bringhurst, além de novas pesquisas sobre o design brasileiro.

Em 2008, Elaine cocriou a identidade da 28a Bienal de São Paulo. Entre 2008 e 2001, ao lado de Chico Homem de Mello, Elaine se dedicou à uma pesquisa que resultou no livro Linha do Tempo do Design Gráfico no Brasil, que analisou mais de 1600 imagens que compõem o panorama de dois séculos da produção de design no país.

Em 2013, ela passou a integrar a Aliança Gráfica Internacional. Em 2014, ela foi cocuradora da exposição Cidade Gráfica, no Itaú Cultural, em São Paulo. Em 2016, ela inaugurou um novo estúdio de design e, junto com duas amigas, a Ubu Editora.


‘A good cover captures the essence of the book. It just sits there, quietly, patiently – but its visual appeal is the result of a series of very careful and deliberate design decisions.’ Says Brazilian graphic designer Elaine Ramos, who since she graduated from the Faculty of Architecture and Urbanism of the University of São Paulo in 1999 has designed hundreds of books. ‘The ideal cover is a synthesis of everything that’s inside, that you cannot see,’ she adds.

Between 2004 and 2015 Ramos was the art director at Cosac Naify, the main publishing house in Brazil dedicated to visual arts. Since 2005 she has coordinated all the releases from the design section, which includes Portuguese editions of fundamental titles as Meggs’ History of Graphic Design and Robert Bringhurst’s Elements of Graphic Style and new researches about Brazilian design.

In 2008 Elaine co-designed the identity for the 28th Bienal de São Paulo. Between 2008 and 2011, together with Chico Homem de Melo, she was dedicated to a research that resulted in the book Linha do tempo do design gráfico no Brasil (Brazilian Graphic Design Timeline), surveying more than 1600 images that compose a panorama of two centuries of the Brazilian design production. 

In 2013 Elaine Ramos joined the Alliance Graphique Internationale. In 2014, she co-curated the exhibition Graphic City, that took place at Itaú Cultural in São Paulo. In 2016, she started a design studio and Ubu, a new publishing house, in partnership with two friends.